O que aconteceu com o homem que só come vegetais e frutas crus há 19 anos

Nada de carnes, laticínios ou alimentos processados: para o alemão Keleash Neels, que mora no Brasil com sua esposa, uma boa refeição é composta por vegetais frescos, frutas e grãos – todos crus, a fim de manter as propriedades dos alimentos. Adepto ao estilo de alimentação chamada de crudivorismo há 19 anos, ele cuida dos alimentos que consome e afirma não ficar doente ou pegar resfriado “há anos”. Ficou curioso?

Desde os 16 anos, Neels é vegano, e não consome nenhum tipo de carne ou derivados. O estilo de alimentação se deve, conforme ele conta em entrevista ao G1, ao pai, que por algum tempo morou na Índia e se acostumou a se alimentar apenas de frutas. Assim como o pai, Neels começou a se interessar mais e mais pela alimentação saudável, conheceu o crudivorismo e estudou psicologia somática e orientação nutricional nos EUA, onde aprendeu mais sobre a propriedade de cada alimento e sobre o funcionamento do corpo, confirmando sua crença de que se alimentar de vegetais, frutas e grãos crus é a melhor estratégia para manter o corpo saudável e com energia.

O rapaz afirma fazer de 3 a 4 refeições por dia, alimentando-se melhor entre as 10h e as 14h. Seu almoço, por exemplo, é feito de três “bolinhos”, enroladinhos de alga e folha de alface com pimentão, abacate, pepino e uma pasta de semente de girassol e suco fermentado de repolho. “No Brasil, as pessoas costumam brincar que você é o que você come, mas eu vou mais além. Você é, principalmente, o que você pensa. Ter consciência da nutrição viva traz bem estar e cura qualquer doença“, afirma Neels, que ministra palestras sobre vida saudável em diversos países.

Veja algumas imagens do alemão e seu cardápio fora do comum:

crudivorismo

crudivorismo2

crudivorismo3

crudivorismo4

crudivorismo5